pulsando

Seguidores

terça-feira, 29 de abril de 2014

Conto poético: A L Z I R A


 
 
Impossível, defini-la.
Santa, certamente não, pois seria muito pouco.
Fico emocionado, em relembrar esta história.
Alzira, posso garantir, veio ao mundo por um
equívoco da natureza.
Ninguém pode ser tão generosa, e pura.
Desprovida de ciúme, maldade,  e ambição, fazia
do seu coração a morada da resignação.
Simplesmente, admirável !
Trazia estes predicados, em seus olhos estampados.
Em sua alma, a alvura da inocência, a bravura de
mulher.
Doadora de sangue, foi além.
Do seu corpo sagrado, transferiu ao sobrinho amado,
um pedaço que Deus lhe  deu.
Com um sorriso naquela face serena, referindo ao
seu amor,  a mim, confidenciou:
" Ele sai todos os finais de semana, para se  divertir 
com os amigos. Nada questiono.
Não quero, e não posso interferir na sua liberdade.
Retorna no domingo, já no final da tarde, exausto.
Eu disponho deste tempo para limpar, arrumar a
casa, e costurar para alguns clientes, ajudando no
orçamento familiar.
 Não posso vê-lo  triste. É o amor da minha vida."
A natureza percebeu que o ser humano, ainda não
estava preparado, para conviver com uma  criatura
tão pura, e a levou de volta, prematuramente... 
Nunca  a esqueci, embora tantos anos já se passaram.
Hoje, faço comparações, procuro nas multidões, e não
encontro outra "Alzira ".
 
 
 

12 comentários:

  1. Simplesmente encantador
    A imagem dessa moça deixou o poema
    mais bonito eu gostei demais, elogios pra vc


    Bjussss

    **Rita **

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, Rita Sperchi !
      Que bom que tenhas gostado.
      Muito agradecido por todo este carinho.
      Um fraterno abraço, querida.
      Bom dia.
      Sinval.

      Excluir


  2. Cultivemos el optimismo sobre todas las cosas.
    Al mal tiempo, buena cara. Usando el positivismo en los juicios,
    buen humor en las palabras, alegría siempre presente en el rostro,
    con una sonrisa de felicidad en las pupilas de los ojos…

    ¡Recordando que el corazón siempre permanece joven!

    Un feliz y luminoso día te deseo desde la distancia,
    pero muy cercano desde el corazón.

    Atte.
    María Del Carmen





    ResponderExcluir
  3. Querida amiga, Maria Del Carmen,
    "La Gata Coqueta " !
    Entendo a forma carinhosa de amar, de
    compreender as pessoas, respeitando o
    seu mundo. Era desta forma que Alzira
    procedia...
    Muito agradecido por teu registro, e um
    fraterno abraço, aqui do Brasil.
    Sinval.

    ResponderExcluir
  4. Alzira amava sem nada pedir em troca...
    Sinval, não adianta procurar ,não vai encontrar outra Alzira jamais.
    Amigo, um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida amiga, Shirley !
      Já se passaram muitos anos... tens razão.
      Está para nascer outra "Alzira ".
      Fico muito agradecido por tua presença, e
      carinhosa atenção.
      Um fraterno braço, e uma boa noite.
      Sinval.

      Excluir
  5. Quería darte las gracias por tu visita a mi blog. Un ABRAZO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, " Yosueño "!
      Parabéns pelo teu lindo blog, e
      muito grato por tua atenção.
      Um fraterno abraço, aqui do
      Brasil.
      Sinval.

      Excluir
  6. Feliz de quem encontrou no seu caminho uma pessoa assim...
    Gostei, amigo.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça Pires, querida amiga !
      Verdade.
      Tive o privilégio de trabalhar com ela.
      Digna de toda a admiração.
      Muito agradecido pelo carinhoso
      comentário.
      Uma boa noite, e um fraterno abraço,
      aqui do Brasil.
      Sinval.

      Excluir
  7. Olá, Sinval!
    Essa Alzira está difícil de achar!!!Linda conto!
    Bom final de semana.
    Bjs da amiga, Soninha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Soninha, minha amiga !
      Nunca mais encontre igual ...
      Muito grato, pela gentil visita,
      e generoso comentário.
      Um feliz fim de semana, querida,
      e um carinhoso abraço.
      Sinval.

      Excluir

Querido leitor...seu comentário é muito importante para mim. Obrigado.